Secretaria de Desenvolvimento Social realiza ato simbólico dentro das ações do Agosto Lilás

27/08/2020 - 13:04

Violência moral, patrimonial, física, psicológica e sexual. Conforme a Lei Maria da Penha, são cinco os tipos de violência contra a mulher. Pensada em razão do mês em que foi sancionada a Lei Maria da Penha, para além de lembrar a necessidade de combate à violência contra a mulher, a campanha Agosto Lilás, no atual contexto de pandemia, vem para reforçar a necessidade de que mulheres violentadas não deixem de buscar ajuda.

E com este intuito a Secretaria de Desenvolvimento Social através do CRAS e CREAS realizou nesta quarta(26), uma ação para mostrar a sociedade a importância da mulher não se calar e buscar ajuda em qualquer caso que considere abuso.

Várias placas em forma de mãos com um X, foram colocadas nas praças e jardins da cidade simbolizando o ato. Uma passeata pelas ruas da cidade, foi destacado que em tempos de pandemia a violência aumenta devido ao isolamento social . “É preciso “tirar a máscara do agressor”, disseminando informações sobre canais de denúncia, emergência e socorro para interromper o ciclo de violência contra a mulher”, afirma a Secretaria de Desenvolvimento Social.

Lembrando que qualquer ato que seja presenciado de violência contra a mulher ligue 180.